pela designer Luciana Centrone

                      

– Os importados são de excelente qualidade, mas hoje temos os papéis nacionais com qualidade bem parecida. Os vinílicos são muito fáceis de limpar. Usamos apenas um pano úmido.

– A escolha das cores é muito importante. Quando você instala um papel de parede, você vai olhar para o quarto todos os dias, então tenha certeza em escolher algo que não irá enjoar.

– Papéis com menos estampas são mais fáceis de instalar, em virtude da emenda entre as folhas do papel escolhido ficar mais fácil de ser feita, além de usar uma menor quantidade.

– Desenhos que embaralham a vista não são bons, pois como já foi dito, você irá olhar para o papel todos os dias. Existem papéis listrados que embaralham demais a vista.

– Sempre use um bom instalador, pois se o papel não for bem instalado, pode-se perder todo o papel

– Combinar papel e trabalhos com molduras em poliuretano é uma excelente combinação e o ambiente fica muito bem decorado.

– Os de tons pastéis são mais fáceis de combinar com as cores de tecidos e móveis.

– Papéis de parede com estampas de bichinhos podem ajudar as crianças a aprender com eles, ajudando o seu desenvolvimento.

– Lembre-se que o quartinho que você está montando não é seu… Então faça algo bem lúdico para que a criança consiga interagir com ele.